tráfego orgânico

Tráfego orgânico, o que é e como usar no seu site?

Definição de tráfego Orgânico

O termo “tráfego orgânico” é usado para se referir aos visitantes que chegam ao seu site como resultado de resultados de pesquisa não pagos “orgânicos”. O tráfego orgânico é o oposto do tráfego pago, que define as visitas geradas por anúncios pagos. Os visitantes considerados orgânicos encontram o seu site após usar um mecanismo de busca como o Google ou o Bing, para que não sejam “encaminhados” por nenhum outro site.

O tráfego orgânico não é a maneira mais rápida nem o modo mais fácil de trazer audiência para o seu site, mas com um pouco de trabalho e um bocado de paciência você consegue chegar lá e contando que o tráfego orgânico é uma maneira efetiva e dependendo do tema é para sempre… Você não vai precisar ficar fazendo novos artigos sobre tudo que você já fez porque aquele tráfego orgânico que você fez é o suficiente por meses e de repente até anos. Eu por exemplo tenho alguns artigos que eu fiz há 2 anos atrás e esses artigos estão funcionando bem até hoje porque são artigos que falam de assuntos muito atuais.

Como aumentar seu tráfego Orgânico

A maneira mais fácil de aumentar o tráfego orgânico de seu site é publicar conteúdo relevante e de qualidade em seu blog regularmente. Esta é, no entanto, apenas uma das estratégias utilizadas para adquirir novos visitantes. O ramo do marketing online que se concentra diretamente em melhorar o tráfego orgânico é chamado de SEO – otimização de mecanismos de pesquisa.

O tráfego orgânico é obtido a partir do aparecimento do site nos resultados de uma pesquisa que os usuários realizam em mecanismos de busca, como Google, Yahoo ou Bing. O tráfego orgânico é o tráfego livre, sendo esse o aspecto o que o torna o tipo de tráfego que os proprietários de sites mais desejam.

Onde você vê o tráfego orgânico no Google Analytics?

A primeira etapa que você precisa realizar para analisar o tráfego orgânico, o tráfego de SEO é no Google Analytics e como acessar o relatório de agrupamento de canais, que você encontra clicando em Aquisição / Todo o tráfego / Canais. Assim, você pode visualizar o tráfego do site diferente por fontes. Acessando a Busca Orgânica, você poderá analisar detalhadamente os indicadores correspondentes ao tráfego orgânico.

Este relatório é um dos mais importantes na avaliação dos resultados da estratégia de otimização de SEO. Você pode analisar métricas mais sofisticadas, como páginas de destino e palavras-chave que atraíram a maior parte do tráfego orgânico e muitos outros indicadores relevantes.

O que é o Google Analytics?

Analytics é um aplicativo oferecido gratuitamente pelo Google. Esse aplicativo é quem monitora toda a atividade em uma página da web, uma ferramenta de análise de sites. Normalmente, a maioria dos proprietários de sites usa essa ferramenta para ver o tráfego geral do site, o tempo médio gasto pelos visitantes do site, o número de páginas visitadas, as fontes de tráfego (direto, orgânico, referências, tráfego pago), além das palavras-chave que geraram o tráfego orgânico.

Clique e veja mais sobre o Google Analytics

Caso te interesse acompanhar o seu site com o Google Analytics, você pode clicar aqui, criar um usuário, configurar o seu site e começar a aompanhar seu site.

Proteção das pesquisas

 

Em 18 de outubro de 2011, o Google anunciou oficialmente esta decisão, que dizem que está chegando para proteger os usuários de mecanismos de busca. Basicamente, desde então, o Google começou a proteger as pesquisas.

Mesmo que o tráfego não fornecido exceda 85%, podemos ver quais palavras-chave trouxeram tráfego e quanto tráfego no Google Search Console. Se você conectar o Search Console à conta do Analytics, poderá ver todas as informações do Search Console no Analytics integrado às conversões. Agora você saberá quais palavras-chave convertem melhor e se concentrará nelas para aumentar o tráfego orgânico gerado por elas e ter mais vendas.

Melhorar o tempo gasto no site, após um usuário acessar uma página de seu site ou loja online, aumentar o número de páginas visualizadas em uma sessão e diminuir a taxa de rejeição, pode ser um sinal claro de que proporciona uma experiência agradável para aqueles que visitam seu site. Depois disso, você precisa melhorar a conversão, o que os usuários fazem no seu site depois que chegam lá, basicamente a partir daqui, todo o processo de pedido começa.

A Otimização de Mecanismos de Busca está mudando continuamente, e não é novidade, você tem que aceitá-la e tomar as medidas necessárias para um bom tráfego Orgânico.

O que é tráfego direto?

Tráfego direto significa todos os usuários que inseriram o URL de um site diretamente na barra de pesquisa do navegador. O tráfego direto também inclui usuários que clicaram no link de um site por meio das categorias “Favoritos” de um navegador. Além disso, quando falamos sobre tráfego direto, contamos os usuários clicando em links de documentos não indexados.

Os dados deste tráfego devem ser obtidos com pinças porque, em muitos casos, são provenientes dos funcionários internos, dos parceiros ou dos clientes atuais que passam pelo seu site para se ligarem à sua conta. Mas isso também indica grande notoriedade se os usuários vierem espontaneamente ao seu site.

Adquirir novos visitantes é essencial, mas mantê-los é ainda mais importante, por ser feito por visitantes relevantes.

3 comentários em “Tráfego orgânico, o que é e como usar no seu site?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *